quinta-feira, 18 de julho de 2019

Carta aos associados

São Paulo, 18 de julho de 2019

Amigas e Amigos associados da AEILIJ,

Estamos trabalhando ativamente para prosseguir com nossos projetos!
* Para começar, aviso que agora temos um número de Whatsapp corporativo.
Ficará bem mais fácil para os associados nos contatarem e enviarem mensagens, atualizarem suas páginas no site, além de mandar comprovantes, solicitar regularização etc.
Assim que encerrarmos a fase de implementação, informaremos o número para todos.
* Teremos parceria com algumas livrarias, que concederão descontos para que nossos associados ativos comprem livros em suas lojas físicas. Aguardem! Estamos também formalizando parcerias com mais entidades ligadas à Literatura, temos boas novidades à vista.
* O Anuário 2020, com as publicações recentes dos associados, logo começará a ser preparado.
* A EXPO 2019, com Artes de nossos autores de imagem, está pronta e estamos aguardando resposta de uma entidade parceira para iniciar sua exibição pública.
* Também planejamos voltar a realizar Encontros e Seminários de Literatura, com foco em LIJ e Mediação de Leitura. Importantíssimo discutir nosso ofício e criar mais espaços de divulgação de nossa arte!
* Nas próximas semanas, iniciaremos o processo de recadastramento e regularização dos associados inativos. Para manter a AEILIJ funcionando, apenas os associados ativos voltarão a ter acesso total às suas páginas do Site e às Parcerias que estamos alinhavando.
Um abraço a todos,

Rosana Rios
Escritora e Arte-educadora
Presidente da AEILIJ para o biênio 2019-2021

GestãoVIVA LITERATURA!

sexta-feira, 28 de junho de 2019

BR: Discurso de despedida do cargo


Regravação do discurso de agradecimento e de despedida do cargo, lido pelo Presidente Alexandre de Castro Gomes no início da AGO de 27/06/19.

Aqui estão algumas realizações das últimas duas gestões. Não é tudo, tivemos outras reuniões, realizamos outras atividades, criamos um álbum com os boletins, digitalizamos muita coisa... Mas o essencial está aí.

BR: Carta da Rosana Rios - A.G.O. 2019


Flávia Côrtes, Vice-presidente eleita da AEILIJ, lê a carta da Rosana Rios, Presidente eleita, durante a Assembléia Geral Ordinária de 27 de junho de 2019.

BR: E o troféu de Livro do Ano vai para...


... Biruta, de Sônia Barros e Odilon Moraes!

BR: Fotos da A.G.O










quarta-feira, 19 de junho de 2019

segunda-feira, 17 de junho de 2019

SP: Nova Associada: Edith Chacon

EDITH CHACON

1) Fale um pouco sobre o começo do seu trabalho com LIJ.
Desde sempre a LIJ esteve presente em minha vida. Primeiro pela minha mãe embalando-me com as cantigas de ninar, depois pelo meu pai que contava e inventava histórias sempre, sempre... Momentos de encantamento e afeto. Foi ele que, sem saber, me mostrou a Poesia da vida e das palavras. Aos 9 anos, Monteiro Lobato invadiu minha vida e a boneca Emília se fez mediadora. Não tinha papas na língua. Tudo que ela dizia e fazia era tudo que eu queria ser e fazer. E assim, como a personagem de Clarice, minha felicidade clandestina levou-me à biblioteca escolar, a leituras e mais leituras e, como já dava aulas para minhas bonecas, o desejo de ser professora aumentou. Fiz faculdade de letras na PUC/SP porque queria levar a magia e a polissemia das palavras para que meus alunos se encantassem com a literatura literária. Não queria alunos passivos, quietos, com medo de enfrentar o desafio da língua portuguesa e da vida. A professora e escritora portuguesa Isabel Alçada comenta que “Ninguém consegue tornar-se atleta se for para os estádios observar provas desportivas ou se dedicar à consulta de obras sobre a sua modalidade preferida. [...]”, ou seja, se se treina para ser um bom atleta, por que não para ser um bom leitor e escritor?
Sim, meus alunos foram protagonistas, autores/produtores de coletâneas de textos escritos e ilustrados por eles. Muita leitura, muita discussão, muita fantasia, muito trabalho e respeito com a língua portuguesa. Transformar as aulas em oficinas fazia parte dessa empreitada. Desarrumar a sala, ir para o pátio, dar uma volta no quarteirão. Sentir os cheiros. Ouvir o silêncio e os ruídos. Tocar no outro, treinar o olhar e os cinco sentidos. Criar um ambiente afetivo e propício para que os alunos se sentissem desafiados, pudessem provocar e se sentir provocados. Para que se perguntassem. Para que fossem tocados pelo texto de alguma forma. Para que, repito, não fossem passivos diante do mundo. Para que pudessem sonhar e viver diferentes aventuras embarcados nas tramas das benditas, malditas e inquietantes personagens dos livros. Para que gostassem de ler e de escrever, sem medo do que pudessem sentir. E, assim, a escritora também foi desabrochando. Fui desengavetando meus escritos, lendo para meus filhos, para meus alunos – primeiros críticos literários, depois para amigos e o “Simplesmente Ler”, meu primeiro livro de poesias, foi publicado, em 2011, pela Editora Callis.
Um de meus maiores prazeres é estar com meus leitores em escolas, bibliotecas, feiras literárias, eventos como a FLIP e outros. É só me chamar que eu vou!

2) Três livros seus para quem não te conhece.
Era uma vez outra vez, ilustrado pela Priscilla Ballarin, publicado por Edições Barbatana (2017) é um convite à brincadeira. Livro-jogo, cujas folhas são soltas e dobradas em forma de sanfona. Cada lado da folha corresponde a uma estrofe do poema
A Coleção “Vamos brincar de rimar” da Editora Biruta é composta por três livros ilustrados pela Fran Junqueira, Farra no quintal (2018), Festança e A galinha xadrezinha bota ovo pintadinho (2019). Além de fazerem um jogo com as rimas, terminam com uma pergunta e convidam o leitor para dar continuidade à brincadeira.
  
3) Quais os seus planos para os próximos cinco anos?
Meus planos são ler e escrever cada vez mais e mais para meu prazer e para poder compartilhar com meus leitores essa magia que a literatura nos proporciona e nos traz tanto sentido à vida.
Ainda tenho muitos rascunhos de livros para serem concluídos e outros que estão em fase de publicação. No prelo, estão o livro infanto-juvenil Somos o que somos, mas nem sempre,
ilustrado por Fernando Pires, pela Editora Leitura & Arte; o livro Bichobrinca – em versos e cartas, que também contém jogos, ilustrado pela Carla Caruso (Editora Estrela Cultural) e (Des)apontado, ilustrado pela Priscilla Ballarin (Editora Amelì).

Mais informações em 
https://www.facebook.com/edith.chacontheodoro

Foto: Eloisa Mangussi Franchi Dutra, da Biblioteca Itinerante Território Vivo

terça-feira, 11 de junho de 2019

PR: Nova Associada: Ross Mary Capriotti Strano Vieira

ROSS MARY CAPRIOTTI STRANO VIEIRA

1) Fale um pouco sobre o começo do seu trabalho com LIJ.
A paixão pelos livros, pela leitura e pela escrita me acompanha desde a infância. Ainda na escola ganhei meu primeiro concurso escrevendo uma redação sobre Monteiro Lobato cujo prêmio foi um exemplar do livro Reinações de Narizinho. Que incentivo para continuar!
Mais tarde, quando ainda quase uma menina, fui trabalhar numa escola de educação infantil, essa relação amorosa se expandiu no contato com as crianças e as com as diversas formas que uma história pode assumir. Vivíamos diferentes personagens, criávamos mundos imaginários e assim nos nutríamos das palavras e dos símbolos da cultura.  Inventávamos histórias e poesias.
Novos caminhos se abriram e de professora passei a autora de material didático para crianças, o que estreitou ainda mais minha relação com a literatura infantil pois essa atividade demanda contato permanente com as produções literárias destinadas à essa faixa etária.
Foi somente em 2015, cursando a pós-graduação em Literatura infantil e contação de histórias na Fatum que resolvi publicar o primeiro livro. E não foi apenas um, já de estreia lançamos dois volumes de uma coleção destinada a crianças bem pequenas. Dessa experiência surgiu o convite para ministrar o módulo Leitura para bebês na pós-graduação. Assim, não por acaso, estou cada vez mais mergulhada nesse mundo maravilhoso da literatura infantil.

2) Três livros seus para quem não te conhece.
Abraço, editora InVerso, faz parte de uma coleção chamada Primeiro Olhar, escrita em coautoria com Eliziane Nicolao e ilustrado por Karen Basso. O livro conta a história do abraço que Leonardo ganhou de seu pediatra e que lhe ensinou um aspecto importante da vida. Qual é o alcance de um ato de amor?
Escola, editora InVerso, também faz parte da coleção Primeiro Olhar e fala da delicada e sensível experiência pela qual passam as crianças pequenas em seu primeiro dia na escola. Dona Filó, a ursa, prepara tudo com muito carinho para receber seus alunos. Será que os filhotes vão gostar?

O presente de Alice escrevi sozinha. As ilustrações são de Vanessa Martinelli e também saiu pela editora InVerso. O livro conta a história de Alice que ao fazer aniversário recebe muitos abraços e presentes, entre eles um especial. Com ele sua festa se transforma num alegre desfile de personagens queridos e conhecidos de muitas gerações. Essa é uma história que nunca acaba porque ao final do livro cada criança pode criar sua própria versão da festa, num jogo de letras e personagens que alimenta o protagonismo infantil e amplia a experiência literária.
  
3) Quais os seus planos para os próximos cinco anos?
A infância me encanta e desafia. Acredito na inteligência das crianças, na potência da infância e no poder das histórias, por isso quero continuar escrevendo para elas. Seja uma proposta de vivência a ser realizada na instituição de educação infantil, seja uma história que apresente à criança mundos possíveis e lhe permita descobrir quem é, quem quer ser e sobretudo quem ela pode ser, colaborando assim para o pleno exercício do direito que toda criança tem de ser um sujeito de linguagem. 

Ross Mary Capriotti Strano Vieira é autora e editora de materiais didáticos e professora do módulo Leitura para bebês na pós-graduação. Licenciada em Letras Inglês pela UFPR e Pedagogia pelo Centro Universitário Claretiano, Pós-graduada em Informática na educação, pelo IBPEX, Educação Infantil e alfabetização, pela UTPR e Literatura Infantil e contação de história, pela Fatum.

Mais informações em 
https://www.facebook.com/rossmary.vieira

Foto: Arquivo pessoal

quinta-feira, 6 de junho de 2019

BR: Diretoria eleita para o biênio 2019-2021


Amigos e colegas associados, a AEILIJ já tem uma nova diretoria eleita que nos representará na gestão 2019-2021. 
Agradeço a todos pelos votos e pelas contribuições ao longo destes últimos quatro anos. Vocês foram ótimos!
A partir de 01/07, a Rosana Rios assumirá a presidência da Associação, juntamente com Flávia Côrtes, Andrea Viviana Taubman e Shirley Souza. Desejo boa sorte a essas guerreiras e defensoras do livro e da leitura.

Depois me despedirei do cargo mais apropriadamente.
Aproveito aqui para pedir que guardem a data de 27/06, quando realizaremos a última Assembleia Geral Ordinária da atual diretoria, onde apresentaremos a prestação de contas e anunciaremos o Livro do Ano, do Prêmio AEILIJ 2018.

terça-feira, 14 de maio de 2019

RS: Pela manutenção da Biblioteca Comunitária do Arquipélago

A AEILIJ se junta à AGES na campanha pela manutenção da Biblioteca Comunitária do Arquipélago. 
O associado que quiser apoiar a causa, por favor entre em contato com o Alexandre Brito, presidente da AGES, e envie sua frase e foto para a confecção de um flyer virtual.
Viva a LIJ!